Inatel realiza 1ª demonstração de uma tecnologia nacional para 5G
03/10/2017 - 12h39 em Consulado de Angola no Rio de Janeiro

Por: Tárcio Pedro

 Inatel realiza 1ª demonstração de uma tecnologia nacional para 5G

O Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), apresentou no dia 31 de agosto, uma tecnologia nacional para 5ª geração de comunicação móvel – 5G, desenvolvida pela instituição de pesquisa com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações (MCTIC).  A pesquisa que o instituto lidera propõe um novo modelo de operação para as redes 5G, que permita o acesso à Internet em áreas remotas com qualidade e custo acessível.

As pesquisas do Inatel em 5G começaram há cerca de três anos, com a criação do Centro de Referência em Radiocomunicações (CRR), uma parceria com a FINEP, MCTIC e recursos do Funttel.

O coordenador das pesquisas e professor, Luciano Leonel Mendes, destaca o pioneirismo Inatel, já que a grande parte dos esforços mundiais na área para 5G foca no aumento da vazão e não em ampla abrangência de cobertura, uma necessidade não só do Brasil, mas também de diversos outros países. “Apesar da evolução tecnológica, a disponibilidade de acesso à Internet é farta apenas nos centros urbanos. Nas localidades rurais e nas regiões de baixa densidade populacional não há ofertas desses serviços. Essas regiões são a última fronteira para tornar o acesso à Internet universal e o 5G pode ser a solução”. Afirmou o coordenador

A proposta consiste em adicionar um novo modelo de operação às redes 5G. Para isso, o Inatel desenvolveu o transceptor MIMO-GFDM Flexível, único no mundo, e demonstrado, no Distrito Federal.

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!