Angola elege Novo Presidente - João Lourenço
06/09/2017 - 15h26 em Consulado de Angola no Rio de Janeiro

Por: Domingas Mulenza

 

 

Angola elege Novo Presidente

Depois de um longo período de campanha eleitoral em Angola, em que os candidatos se esforçaram e apresentaram as suas propostas aos eleitores. A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o MPLA como vencedor das quartas eleições gerais angolanas de 23 de agosto último, com maioria qualificada de 61,07%. Elegendo assim João Manuel Gonçalves Lourenço como o novo e terceiro Presidente do país.

O Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, nascido aos de março de 1954, em Benguela no município do Lobito (Benguela). Foi Ministro da Defesa Nacional da República de Angola. Licenciado em história, já passou por várias posições dentro do partido MPLA e no Estado angolano, incluindo deputado a Assembleia do Povo entre 1984 e 1992, presidente do Grupo Parlamentar do MPLA entre 1993 e 1998 e 1.º vice-presidente da Assembleia Nacional entre 2003 e 2014.

No dia 03 de fevereiro de 2017 na 3º Reunião Ordinário do MPLA, foi oficialmente anunciado como sendo cabeça de lista do MPLA e candidato a presidente da República de Angola nas eleições de 2017.

João Manuel Gonçalves Lourenço-Novo Presidente da República de Angola

 

Em sua primeira coletiva de Imprensa, após alguns resultados parciais o indicarem como vencedor das eleições 2017, João Lourenço defendeu em Madrid a necessidade de Angola diversificar a sua economia para garantir o crescimento. 

“Assumo-o com muita confiança, apesar das dificuldades. Os resultados eleitorais foram bons e o MPLA conseguiu um grande apoio popular. Isso incentiva a prosseguir. Também há grandes dificuldades, a situação financeira é menos boa por causa da queda dos preços do petróleo, mas Angola é um país em paz, um país no qual os cidadãos se reconciliaram e isto é uma vantagem face aos 38 anos em que foi Chefe de Estado o meu antecessor, que durante pelo menos 27 anos governou em situação de guerra. Felizmente, encaro esta nova fase de paz com ânimo. Vamo-nos centrar, fundamentalmente, no desenvolvimento económico e social do país”. Afirmou João Lourenço.

É filho de Sequeira João Lourenço e de Josefa Gonçalves Cipriano Lourenço. O novo Presidente nasceu no Lobito e fez seus estudos primários e secundários na província do Bié. É casado com Ana Dias Lourenço e tem seis filhos.

Exerceu funções de Comissário Político em diversos escalões, desde pelotão, companhia, batalhão, brigada e comissário da 2ª Região Político Militar Cabinda, entre 1977/78. Enviado para então União Soviética de 1978 a 1982 na Academia Superior Lénine de onde para além da formação militar trouxe o título de Master em Ciências Históricas. É poliglota: além do português, fala inglês, russo e espanhol. 

As eleições deste ano contaram com a participação dos partidos políticos MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola), UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola), FNLA (Frente Nacional de Libertação de Angola), PRS (Partido de Renovação Social e APN (Aliança Patriótica Nacional), bem como a CASA-CE (Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral).

 

Com 4.164.157 votos válidos (61,07 porcento), o MPLA viu eleitos os seus candidatos a Presidente da República, João Lourenço, e Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, bem como 150 deputados dos 220 deputados à Assembleia Nacional. A UNITA Ficou com 51 deputados, CASA-CE 16 deputados, PRS 2 deputados e a FNLA elegeu 1 deputado.  Assim fica composto o grupo de membros da Assembleia Nacional que tal como o novo Presidente cumprirão um mandato de 5 anos à serviço do povo angolano.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!